Todos pela vida

O dia 1º de dezembro para muito pode parecer um dia comum, mas para milhares de pessoas é uma data importante para celebrar a batalha contra a AIDS em todo mundo. Assim, não poderia deixar de escrever algumas palavras sobre esse dia e dar todo o meu apoio as pessoas que têm a doença ou aos familiares de pessoas contaminadas com o vírus, pois é certo que a AIDS é algo que traz grandes impactos a todos que estão direta e indiretamente relacionados a ela.
Antes de mais nada é preciso que as pessoas vejam esse dia, também, como uma data para a reflexão acerca da importância de se praticar sexo seguro, em especial os jovens que muitas vezes são inconseqüentes e não pensam no dia de amanhã. É claro que o que escrevo pode parecer um tanto clichê, mas a verdade é essa, não só para os jovens, mas para todos que veem no sexo uma fonte de prazer sem grandes consequências.
Em relação ao Brasil, os casos de AIDS, só no ano de 2008, passaram para 38.538, de acordo com dados do Ministério da Saúde, o que é preocupante porque demonstra que cada vez mais pessoas estão contraindo a doença. No entanto, o grande problema é o fato de muitas pessoas nem saberem que são portadoras do vírus, o que facilita sua disseminação, porém, ao contrário do que se possa imaginar, não são os homens que estão ficando cada vez mais infectados, pelo contrário, são as mulheres que estão quase chegando perto de liderar essa triste estatística, uma vez que a quantidade de mulheres infectadas em relação a homens passou de 6 para 1,6.
Assim sendo, todos, independente do sexo e da vida sexual que possa levar, devem procurar saber mais sobre a doença e usar mais a camisinha para que a AIDS não se prolifere ainda mais e para que outras doença sexualmente transmissíveis sejam evitadas, além, é claro, da famosa “gravidez indesejada”. Fora esses pequenos cuidados o sexo pode ser praticado, desde que com consciência.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/numero+de+casos+de+infeccao+por+hiv+cresceu+no+pais/n1237845594639.html


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meta de leitura 2016

Expressões idiomáticas ao pé da letra

Uma lição sobre o suicídio