Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Meta de leitura 2015

Imagem
Olá pessoal, acharam que eu havia sumido novamente, não?! Só que não! Ok, está certo que fiquei quase um mês sem postar nada, mas o que importa é que estou aqui para mais um post. Pois bem, estava vendo minha meta de leitura do ano passado lá no Skoob (sim, aquela famosa rede social para leitores que, aliás, recomendo a todos que gostam de ler, inclusive tem o link na barra lateral direita do blog) e fiquei meio desapontada comigo mesma sobre a quantidade de livros lidos, mas esse ano quero e espero conseguir ler mais, algo que não é fácil quando você tem trabalho, faculdade e uma casa para cuidar... Enfim, se alguém estiver curioso para saber como fui de leitura ano passado, a seguir um resumão obtido pelos dados do Skoob ao qual todos os cadastrados nessa rede tem acesso (cada um a sua meta de leitura, claro). Espero que apreciem!!!

Lucy Soturna (meu codinome no Skoob)

17 de 32 livros a serem lidos em 2015... (vamos ver se esse ano a coisa melhora)

Somando 5799 páginas (puxa, mais um pouq…

Li & Recomendo: Como água para chocolate

Imagem
Olá estimados leitores, olha eu aqui com uma resenha de um livro que li ano passado, mas que esqueci, falha minha, de postar a resenha por aqui. O livro em questão, Como água para chocolate, além de ter sido um sucesso de crítica ganhou versão cinematográfica em 1992 que também obteve grande sucesso. Enfim, sem delongas, os deixarei com a resenha do livro e também com o trailer do filme para o caso de você, caro leitor, sentir água na boca e querer, além de ler o livro, assistir ao filme também. Recomendadíssimo.

O tempero da mulher mexicana
Algumas histórias não precisam de muito para seduzir o leitor ao ponto de fazê-lo envolver- -se com a trama narrada e com seus personagens de modo que seu término deixa uma sensação de que a narrativa poderia ter sido prolongada um pouco mais. Justamente essa sensação de quero mais, quando algo é definitivamente saboroso ao ponto de nos fazer querer além da conta, é que o leitor pode sentir ao ler "Como água para chocolate" (Laura Esquivel, …