Dia dos Namorados ou dia de São Valentim?


Olá pessoal, sentiram minha falta? Espero que tenham sentido porque estou mais uma vez aqui no blog para mais um post sobre, como não poderia deixar de ser, o dia dos namorados, afinal, como a maioria sabe, amanhã é comemorado esse dia tão bacana para lembrar ainda mais de quem amamos e, além da troca de presentes, renovar os votos de amor eterno_ eu sei que soou um pouco piegas o que escrevi_ além de podermos prestar uma singela homenagem aquele (a) que tem nos aguentado e blábláblá!!!! Enfim, no ano passado preparei um pequeno especial com uma seleção de filmes para serem curtidos a dois_ clique AQUI e leia o post. Enfim, para não ficar muito parecido com o post anterior sobre a data em questão não postarei nada relacionado a filmes, mas trarei a origem dessa data comemorativa e ao final deixarei um vídeo "cut" para os interessados. Enfim, espero que gostem e FELIZ DIA DOS NAMORADOS.

Dia dos namorados - origem

A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.
O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.
Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte - 14 de fevereiro - também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza).
Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine's Day.
Atualmente, o dia é principalmente associado à troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos.
O dia de São Valentim era até algumas décadas uma festa comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas ao longo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países.

Data no Brasil

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, Dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro.
A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes. A ideia se expandiu pelo Brasil, amparada pela correlação com o Dia de São Valentim — que nos países do hemisfério norte ocorre em 14 de fevereiro e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.

Fonte: Wikipedia


Bom pessoal, agora que já sabemos a origem do dia dos namorados, para finalizar o post, o vídeo "cut". Beijocas e até a próxima!! 

PS: Vale a pena assistir ao vídeo!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meta de leitura 2016

Expressões idiomáticas ao pé da letra

Uma lição sobre o suicídio