Especial dia das crianças parte I

Olá pessoas, o dia das crianças está chegando e, aproveitando o momento, decidi preparar uma série de post’s sobre desenhos animados e outras coisinhas a mais que povoaram minha infância. Acredito que muita gente vá se identificar com esses post’s e relembrar os bons tempos, quando as crianças faziam coisas de crianças e não ficavam, como agora, somente ligadas em internet  e telefone celular.
Para começar com o pé direito, eis um momento para relembrar a Rede Manchete de Televisão, afinal, boa parte de minha infância sintonizava na extinta emissora para assistir aos desenhos animados mais legais da época.


Bom, antes de mais nada, gostaria de mencionar que toda essa parte histórica da emissora, que será mencionada a seguir, só foi possível graças ao maior portal virtual sobre sua trajetória, o http://redemanchete.net/ . Aconselho que acessem o site e acompanhem melhor todos os detalhes sobre a antiga, porém não menos importante, Rede Manchete de Televisão.
Enfim, para quem não sabe, a Rede Manchete entrou no ar no ano de 1983. Em relação a sua grade de programação, vários programas consagrados e de grande audiência além, é claro, da estreia do programa infantil Clube da Criança, comandado pela até então modelo Xuxa Meneghel. 
No ano de 1988, a emissora de televisão de Adolpho Bloch traz ao público brasileiro a série televisiva    japonesa Jaspion que, com seus 46 episódios, foi exibida pela emissora até o ano de 1994. Devido ao sucesso da série, outra de maior repercussão estreiou na emissora também, Changeman, que  teve o mesmo período de duração que sua antecessora. 

Jaspion

Changeman


Bem, se eu fosse ficar escrevendo sobre todas as séries em estilo tokusatsu,  ou algo do gênero, que foram transmitidas pela Rede Manchete, esse post iria ficar muito grande, assim, aqui vai apenas o nome de outras atrações nesse estilo que foram grandes sucessos da emissora: Jiraya, Jiban, Superhuman Samurai, Black kamen rider, Maskman, Cybercops, Spielvan, Metalder, Black kamen rider RX, Winspector, Patrine e Solbrain.
Ufa! Até que enfim deu para citar todas as séries transmitidas pela Rede Manchete de Televisão. Bom, acho que deu para matar as saudades e lembrar dos velhos e bons tempos com, para ser bem dramática mesmo, lágrimas contidas no cantinho dos olhos, não?
Ah! Vocês estão achando que acabou, certo? Errado, não acabou não, pois essa é apenas a primeira parte do especial dia das crianças que volta amanhã nesse mesmo bate local! Até lá então ;-]

Comentários

  1. Oi, Lu!

    Gostei da postagem, pelo visto não sou tão antigo, também acompanhei essas séries. rsrs

    Aliás, Metalder era da Band e não da Manchete e passava em todas as tardes.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. A Band deve ter comprado os direitos de exibição depois.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Meta de leitura 2016

Expressões idiomáticas ao pé da letra

Uma lição sobre o suicídio