Cine & Picoca: Especial dia dos namorados

Olá pessoas, que friozinho é esse dos últimos dias, viu! Eu gosto do frio, isso é verdade, mas não gosto de me sentir como um picolé humano, diga-se de passagem. (hehehehe)
 Enfim, não é sobre o clima dos últimos dias de que venho escrever, na verdade venho dar continuidade ao post relacionado ao dia dos namorados. Sei que havia escrito que escreveria ao longo dos dias, mas a correria do dia a dia não permitiu que eu me dedicasse a tão satisfatória tarefa, entretanto nem tudo está perdido, afinal o dia dos namorados é amanhã, então sem mais delongas a dica de hoje é sobre filmes. Bom, sou uma amante da sétima arte e já assisti a vários gêneros filmes (romances, comédias, terror, ficção científica, trillers, suspense, ação, aventura e por aí vai...), mas para hoje, trago algumas dicas de filmes românticos, daqueles que a pessoa pode assistir tanto acompanhada como sozinha, o que vai depender, é claro, da sua situação atual. Sem protelar mais, eis alguns filmes “água com açúcar” para a véspera do dia dos namorados.

Título: Beastly (A Fera)
Direção: Daniel Barnz
Roteiro: Daniel Barnz
Elenco: Vanessa Hudges, Alex Pettyfer, Mary-Kate Olsen, Neil Patrick
Duração: 95 min
Ano de lançamento: 2011

Sinopse: Kyle Kingson (Alex Pettyfer) é um jovem que tem tudo o que alguém poderia ter: beleza, dinheiro e oportunidades.No entanto, Kyle possui uma personalidade perversa que acaba por lhe trazer problemas logo após ele ter humilhado uma colega de classe que o amaldiçoa, fazendo com que ele se torne o que mais despreza. Desesperado por causa de sua nova aparência, o jovem vai atrás da garota que o amaldiçoou e descobre que a maldição só poderá ser desfeita se ele encontrar alguém que consiga amá-lo num período de um ano, algo que ele desconsidera de imediato. Ao ver no que o filho se transformou, o pais de Kyle decide mandá-lo morar no Brooklyn na companhia de uma empregada e de um professor cego. Em seu novo lar, o jovem se envolve com um viciado em drogas e sua filha, que o ajudará a encontrar o verdadeiro amor.

O filme em si é legalzinho e foi inspirado num livro de mesmo título,  uma  espécie de versão modernizada de A Bela e a Fera. A estreia do longa aqui no Brasil tem data prevista para 12 de agosto de 2011, mas já é possível encontrar uma versão legendada em português na internet, o que garantiu que eu pudesse indicá-lo aqui neste post.


Título: Roemo and Juliet (Romeu e Julieta)
Direção: Franco Zefirelli
Elenco: Leonard Whiting, Olivia Hussey
Duração:113 min
Ano de lançamento: 1968

Sinopse: Na bela cidade de Verona, o jovem Romeu (Leonard Whiting) se apaixona e é correspondido por Julieta (Olivia Hussey), uma bela e jovem donzela cuja família é rival da de Romeu, o que consolidará um amor profundo, intenso e com trágicas consequências.

Esse clássico de 1968 é simplesmente maravilhoso,  talvez sendo a melhor adaptação feita até hoje e é justamente por isso que o filme é mais que recomendado, afinal, tanto a direção quanto a atuação dos atores está de parabéns porque houve uma sintonia muito bacana que fez com que o filme casasse mais que bem com o texto de Shakespeare. Uma curiosidade sobre o filme que acho que é válido comentar é que na época em que ele foi lançado causou certo furor pelo fato de Olivia Hussey, com apenas dezesseis anos, ter feito cenas de nudez com seu par no filme, o ator Leonard Whiting.


Título: Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito)
Direção: Joe Wright
Roteiro: Deborah Moggach (roteiro), Jane Austen (romance)
Elenco: Keira Knightley, Matthew Macfadyen, Brenda Blethyn, Donald Sutherland, Judi Dench
Duração:127 min
Ano de lançamento: 2005

Sinopse: Inglaterra, 1797. Cinco irmãs são criadas para se casarem com bons partidos, porém uma das irmãs, Elizabeth Bennet(Keira Knightley) deseja ter uma vida mais amplificada do que somente se dedicar a um marido. Quando o rico, bonito e solteiro Sr. Darcy decide passar uma temporada na mansão de seu amigo, o Sr. Bingley, por quem Jane Bennet nutri um carinho especial, o encontro dele com Elizabeth culminará num choque de ideias que os guiarão para um entrelace advindo de uma situação inusitada.

Orgulho e Preconceito é simplesmente o livro marco da escritora Jane Austen, assim, ter uma adaptação para os cinemas de uma obra tão gostosa de se ler, simplesmente é um presente  maravilhoso. Desse modo, a versão cinematográfica para um dos romances de maior sucesso da escritora, é um prato cheio. Tanto direção como a fotografia, música, figurino, atores e todo o restante da parte técnica do longa estão de parabéns por terrem trazido à tela um filme feito com tanto carinho e atenção como é Orgulho e Preconceito. Simplesmente charmoso!


Pronto pessoal, acabei de dar minha contribuição para os amantes da sétima arte se deliciarem no dia dos namorados. Espero ter agradado com as opções apresentadas. Até a próxima!!!

Comentários

  1. http://pirate-ebooks.blogspot.com/2010/08/colecao-senhores-do-submundo.html
    atualizado

    ResponderExcluir
  2. Romeu e julieta é tudo de bom. Orgulho e Preconceito, então! Sou apaixonada pelo Mr. Darcy. ♥

    Parabéns pelo blog, flor!
    Já estou seguindo.

    Tenha uma ótima semana.
    Beijos.

    Nataly Nunes
    http://critiquinha.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Meta de leitura 2016

Uma lição sobre o suicídio

Night Huntress - informação sobre a série